História da Educação (v. 24, January 2019) História da Educação: Sensibilidades, patrimônio e cultura escrita

New Issue

SUMÁRIO

EDITORIAL

Entre a experiência e a expectativa: percursos e desafios da Revista História da Educação

Dóris Bittencourt Almeida (Brasil), Terciane Ângela Luchese (Brasil), Tatiane de Freitas Ermel (Brasil), Chris de Azevedo Ramil (Brasil)

DOSSIÊ “HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO: SENSIBILIDADES, PATRIMÔNIO E CULTURA ESCRITA”

História da Educação: sensibilidades, patrimônio e cultura escrita

Luciane Sgarbi Santos Grazziotin (Brasil), Eduardo Cristiano Hass da Silva (Brasil)

Pesquisas sobre a Educação dos Sentidos e das Sensibilidades na História da Educação: algumas indicações teórico-metodológicas

Marcus Taborda de Oliveira (Brasil)

Narrativas do espaço habitado: sensibilidades no estudo dos prédios escolares de Porto Alegre/RS (1940/1980)

Lucas Costa Grimaldi (Brasil), Dóris Bittencourt Almeida (Brasil)

Patrimônio do escrito: cadernos de usos não escolares e as contribuições para a cultura escrita.

Vania Grim Thies (Brasil)

La educación epistolar: los intercambios de cartas entre mujeres burguesas como fuente de desarrollo personal en la inglaterra victoriana

Meritxell Simon-Martin (Reino Unido)

Escritas femininas na casa oitocentista: memórias sobre o diário da Viscondessa de Arcozelo

Maria Celi Chaves Vasconcelos (Brasil)

Eu te dedico: História, educação e sensibilidades nas dedicatórias de livros de um professor catarinense (1940-1980)

Maria Teresa Santos Cunha (Brasil)

ARTIGO / ARTICLE / ARTÍCULO

Formação de profissionais especializados para educação de excepcionais: proposições e representações a partir do impresso periódico Mensagem da APAE (1963-1973)

Giovani Ferreira Bezerra (Brasil), Alessandra Cristina Furtado (Brasil)

La institucionalización de la formación de los maestros rurales en la provincia de Entre Ríos (Argentina, 1894-1914)

Janet Cian (Argentina)

A escola étnica na cidade de São Paulo e os primeiros tons de uma identidade italiana (1887-1912)

Claudia Panizzolo (Brasil)

“Una società senza scuola è un corpo senz’anima”: As escolas italianas de Pelotas/RS mantidas pelas sociedades de mútuo socorro no século XIX

Renata Brião de Castro (Brasil), Alberto Barausse (Itália)

As entidades nacionais na política educacional das escolas de arquitetura e urbanismo do Brasil – entendimentos sobre a área da tecnologia da construção

Albenise Laverde (Brasil), Cláudia Terezinha de Andrade Oliveira (Brasil)

Erros que podem ser corrigidos ou evitados: Conselhos de Leonor Posada às meninas (década de 1950)

Fernanda Theodoro Roveri (Brasil)

A imprensa pedagógica e educação no Pará em dias de República: a revista A Escola e a Revista do Ensino como instituições de formação (1900-1912)

Darlene Monteiro Dos Santos (Brasil), Maria do Perpétuo Socorro Gomes de Souza Avelino de França (Brasil)

El trabajo docente durante la dictadura cívico-militar en Chile (1973-1990): una mirada desde las políticas públicas educacionales

Felipe Andres Zurita Garrido (Chile)

O encontro das linhas: cidade de Aracaju e grupos escolares (1914-1925)

Dayse Araujo Lapa (Brasil), Simone Silveira Amorim (Brasil)

A série de livros de leitura para a América Latina no contexto da política do Institute of Inter-American Affairs (USA)

Eliane Peres (Brasil)

ENTREVISTA / INTERVIEW / ENTREVISTA

Entrevista com catedrático Justino Magalhães: os municípios na educação em pauta

Gisele Belusso (Brasil), Terciane Ângela Luchese (Brasil)

RESENHA / DIGEST / RESEÑA

A emergência da escola.

Miriam Fernandes Muramoto (Brasil)

Access the contents – click here